10 de dez de 2013

Resenha #8: Ecos da Morte

 Título: Ecos da Morte
Autora: Kimberly Derting
N° de páginas: 268
Série: The Body Finder
Editora: Intríseca


"Violet Ambrose tem dois problemas: o dom mórbido e secreto que carrega desde a infância e Jay Heaton, seu melhor amigo, por quem está apaixonada. Aos dezesseis anos e confusa com os novos sentimentos em relação a Jay, ela está cada vez mais desconfortável com sua estranha habilidade. Violet encontra cadáveres. Desde muito pequena, percebe os ecos que os mortos deixam nesse mundo. Ruídos, cores, cheiros. Mas não são todos: apenas os das vítimas de assassinato."
Quem lê a resenha do livro na contra capa, pensa que a história é um suspense-misturado-com-terror muito arrepiante. Eu sempre fui medrosa, nunca gostei muito de histórias de terror, mas admito que esse livro não me fez nem pular da cama. Sério. É bem tranquilo em relação ao que eu pensei que fosse. MAS, é muito bom!

O enredo, em si, mistura o drama adolescente com essa parada do do dom super especial que a Violet tem. Ao mesmo tempo que tem essa pegada de suspense em que a gente quer descobrir sobre os assassinatos, também tem a ansiedade pra saber o que vai acontecer ente Violet e Jay.

A história é bem amarrada. A autora mescla entre os capítulos a ação do assassino com a vida de Violet. Isso faz com que a imaginação corra mais solta e também cria mais expectativas para o que vai acontecer. É bem maneiro.

Confesso que me afligi muito em certos trechos por não saber o que aconteceria. Tive até que tampar as próximas linhas pra não ler antes e saber o que aconteceria. Sim, o suspense é muito bom, só que não dá tanto medo quanto eu imaginava.

É legal ver como Violet lida bem com o dom que possui. No geral, ela já é tão acostumada com os ecos que nem se incomoda muito quando encontra algum. Até que ela começa a encontrar os ecos de garotas assassinadas, aaaai a parada fica um pouco tensa, hehe.

Maas, ela tem quem a ajuda a superar essas situações. Além dos pais e dos tios, Jay é tipo um amor em pessoa e sempre ajuda a amiga quando ela precisa. Sério! Jay é tão bacana que fiquei com um pouco de invejinha de Violet, haha. E seria impossível não se encantar com Jay ou com a relação que os dois possuem. É uma lindeza!!

Resumindo... O livro é um suspense bem tranquilo e muito bom, também. O final deixa a gente meio preocupado e agoniado, mas é bem legal! Tô ligada que tem a continuação e já ajeitei pra ler, então deve ter uma resenha do próximo, Desejos dos Mortos, em alguns dias.

Beijoquinhas,

Bianca M. Colvara. 

0 comentários:

Postar um comentário